segunda-feira, 23 de abril de 2007

Sensibilidades

Quantas vezes o nascer e o pôr-do-sol te incendiaram a cara lavada das lágrimas que te recusaste a chorar?
Quantos dias passaste dormindo de olhos abertos para não sonhar com ela?
Quantas noites foram conselheiras por entre inúmeras maluqueiras para fugires de a ver?
Quantos feitiços lançaste à lua para que ela voltasse para ti?
E as incontáveis vezes que te abandonaste às mais inúteis tentativas de a esquecer?
Tudo em vão. Pois ela estava sempre lá.
E quanto mais a negavas, mais ela existia em ti.
Só quando a enfrentaste é que viste que afinal eras tu que não a deixavas ir...

Este é para ti sm!!

2 comentários:

micati disse...

às vezes fugir é mais fácil, para não lidar com as coisas de forma tão violenta "até que passe". Porém, às vezes por mais anos que passem, está lá... mais vale enfrentar...
Definitivamente, mesmo que custe mais vale enfrentarmo-nos, ou como vamos enfrentar o mundo assim....? mas só há uma coisa que não percebi: mystique, estás a falar na 3ª pessoa... estás a falar da sm, ou de ti?

Anónimo disse...

Demasiadas vezes, demasiados dias, demasiadas noites e demasiados feitiços que aqui possa contar...
Como exprimes tão bem o que vai na alma daquele que Ama...
Digo-te amiga, quem não sente/sofre assim, não sabe o que é Amar...

Beijos!!!!!!