quarta-feira, 20 de junho de 2007

Coração

Descobri um ditado Maia que diz:
"Existem três caminhos: o certo, o errado e o do coração.
O certo nem sempre é o certo;
O errado nem sempre é o errado;
O do coração é sempre o do coração."

Fez-me pensar...
Não poderia estar mais de acordo!
Quantas vezes nos iludimos com os caminhos que escolhemos?
Quantas vezes nos arrependemos de escolhas que pensamos ser as certas ou optamos pelas erradas por serem mais fáceis?
Se eram as certas, porque nos arrependemos? Se eram mais fáceis porque se tornam tão difíceis a digerir?
Quando escolhemos com o coração será que existe remorso?

Eu não sinto pesar nas minhas escolhas, mas isso sou só eu!

1 comentário:

Poppie disse...

Às vezes basta seguirmos a intuição. Eu costumo seguir o coração. E às vezes parece que me prega partidas. Há alturas em que essas escolhas nos podem parecem as mais erradas e absurdas. Queremos voltar atrás, fugir delas ou esquece-las. Mas acredito que no final talvez até tenham um propósito.