sexta-feira, 16 de setembro de 2011

...jorra sangue das veias...

As palavras são um lugar comum
onde nos encontramos em lugares já visitados
por outros passos muito antes de nossos...

E soltamos palavras ao vento
como se de sementes se tratasse
deixando um rasto no caso de nos perdermos...

Por vezes as palavras caem em solo fértil
tornando os nossos passos mais lentos
para vê-las germinar antes de avançar...

Mas quando o solo é árido
e não há palavra que possa penetrar
só o suor e as lágrimas poderão abrir caminho
aos passos que virão a seguir a nós...




Touch of love by *Alephunky on deviantART


2 comentários:

Zaza disse...

Achei estranho, este post. Como é um "no comment", aproveito apenas para passar e mandar-te um beijo. Força!!

Anónimo disse...

a miséria procura miséria. de resto é igual a tudo e a todos: burra todos os dias