sexta-feira, 10 de agosto de 2007

dúvidas

Eis que um sorriso tolo se desenha no meu rosto e insiste em lá ficar grudado até fazer doer os músculos. Sorriso de quem, nervosamente, tenta esconder o que tanto faz sorrir.
Diz quem o vê, quando olha para mim que foi a paixão ou o amor que deram entrada na minha vida.
Na verdade, é só um sorriso tolo de quem pensa amar.
O amor é quem nos tira do sério, mas é também quem desabrocha o que de mais sério há em nós. É o que nos faz chorar lágrimas de sangue e de raiva, é quem nos faz sentir o vazio por dentro e transpirar por fora.
Esse amor, que tantos sorrisos provoca e tantas línguas descrevem, é o mesmo que nos faz rastejar até ao mais profundo abismo sem corda de segurança para nos recuperar.
Essa coisa que toma posse do meu rosto e me faz sorrir, não é amor meus amigos, é a incerteza do futuro que se nos reserva quando nos entregamos a ele.

5 comentários:

thunderstorm disse...

lol
Seja o k for esse sorriso... uma coisa eu sei:
TOU A ADORAR ACOMPANHAR-TE NESTA FASE CHEIA DE COR!!!!
Até k enfim k ela veio... ando mesmo feliz por ti

Zaza disse...

ah!!! nao e amor...
e so o coraçao a bater muito ne???
tonta... aproveita agora e se feliz que ja e tempo
;)
fico feliz por ti

bj

LadyFonseca disse...

Não posso deixar de sentir inveja...
Hmmmmmm...
Mas fico tão feliz por ti...
A sério...

;o)

@)--;---

Anónimo disse...

Minha muito querida amiga, nem sabes o quanto me alegra saber-te com esse sorriso... Embora eu precise se o ver com os meus olhos e olhar nos teus para ver o k te vai na alma. O meu maior desejo é que esse sorriso seja para ficar e durar. Não conheço a razão que te faz sorrir , mas acredita, já gosto dela. beijo e aquele abraço

Poppie disse...

Mas sabe bem sorrir feita parvinha, ou não sabe? Depois logo se vê... Sorri!!!!!