segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Como uma força...



É inexplicável...
A cada dia que passa sou surpreendida pela força sobre-humana que certas pessoas têm...
Está mais que provado que dentro de nós existe um incrível potencial...
E nem nos apercebemos que o temos...
Não lhe sabemos dar valor como não vemos o quão longe nos poderia levar...
Somos capazes de suportar uma enormidade de situações... Uma infinidade de dores... Um exército de problemas...
E certas pessoas têm o dom de passar por tudo isso com um sorriso nos lábios... Um olhar acolhedor... E um doce calor nas mãos que parecem estender-se, prontas para o que mais possa vir...
Olham de frente para o que os deita a baixo e ainda são capazes de lhe levantar o "astral"...
É uma dor constante com a qual se aprende a lidar como se de pura alegria se tratasse...
E quando abro os olhos e vejo essas pessoas à minha volta deixo-me invadir por uma terrível vergonha por me deixar abater por coisas tão minúsculas e por pormenores tão insignificantes que seriam o ponto mais alto de uma festa para quem tanto sofre...
Como posso deixar-me atingir por estes momentos únicos, esporádicos que apenas servem para me lembrar a fragilidade e inconstância da vida no meio de tanta força que nos habita...
Orgulho-me por ser tão fraca... Poupa-me muitos dissabores na sorte que a vida me vai reservando...
Mas alegro-me muito mais por saber que existe em mim essa força que tantas vezes me esqueço de valorizar...

3 comentários:

LadyFonseca disse...

Mas sabes essa força muitas vezes está escondida... adormecida dentro de nós e por muito que saibamos que a temos nem sempre é fácil usa-la...

Gostei que voltasses a escrever...
Gosto de te ler...

@)---;------

sm disse...

Obrigada... Espero conseguir de novo arranjar tempo e inspiração para juntar umas quantas palavras e partilha-las aqui...

Zaza disse...

oh minha querida! O que me surpreende é que aches que és tão fraca sabendo que ja passaste por provações tão maiores do que muito do que muitos de nós passam.. Não sejas modesta, só somos tão fracos quanto a grandeza dos 'problemas' !! Um bj